28 de November de 2017

Homenagem

No último dia 4 de abril, a comunidade de Informática na Educação brasileira perdeu um dos pioneiros na área. Alexandre Direne teve atuação intensa dentro da comunidade, tanto em aspectos científicos, quanto pela perspectiva humana sem precedentes que compartilhou.

Dedicou-se, por mais de duas décadas, à pesquisa em Inteligência Artificial aplicada à Educação. Foi professor do Departamento de Informática da Universidade Federal do Paraná, onde atuou desde 1993. Orientou pesquisas expressivas em nível de mestrado e doutorado, conquistando prêmios concedidos pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC). Além disso, destacou-se pela inserção nas decisões políticas da comunidade de pesquisa em Informática na Educação no Brasil, tendo presidido a CEIE nos anos de 2006 e 2007.

Em 2015, foi homenageado com o Prêmio Mérito Científico em Informática na Educação e agradeceu ao público com espontâneas palavras de reflexão, destacando a importância da democracia que a comunidade conquistou. Esse prêmio foi dado em reconhecimento à contribuição para o avanço da área no Brasil. Entretanto, ainda além da competência técnica, Alexandre era alguém digno do título de ser humano, sendo inesquecível pelo respeito e afeto com que tratava as pessoas.

Diante disso tudo, em consonância com as homenagens expressadas pela comunidade, a CEIE reconheceu o merecimento de uma premiação que levasse o exemplo e o nome Alexandre Direne às futuras gerações. Assim, a comunidade foi convidada a votar na proposta que caracterizaria o Prêmio Alexandre Direne.

Em maio de 2017, foi democraticamente decidido que o Concurso de Teses, Dissertações e Trabalhos de Conclusão de Curso em Informática na Educação, evento tradicional do Congresso Brasileiro de Informática na Educação (CBIE), passaria a ser denominado Prêmio Alexandre Direne de Teses, Dissertações e Trabalhos de Conclusão de Curso em Informática na Educação.

Durante o CBIE de 2017, os organizadores do congresso homenagearam vários expoentes da área, fazendo com que as salas destinadas ao evento resgatassem esses nomes da memória. O auditório principal do evento chamava-se Alexandre Direne e foi onde as principais palestras do congresso aconteceram.

Ainda no CBIE, os participantes assistiram a um vídeo de homenagem, feito pela CEIE, que trazia depoimentos de pessoas que tiveram contato com o professor Alexandre e que registraram a admiração que a comunidade tinha por ele. A homenagem foi organizada pelos professores Eleandro Maschio, Diego Marczal, Marcos Castilho, Sergio Crespo, Ig Bittencourt e Andre Raabe e pode ser assistida no canal da CEIE no YouTube.